OTOPLASTIA

Também conhecida como mentoplastia, é um procedimento cirúrgico para remodelar o queixo utilizando-se implantes (aumento) ou o próprio osso, por intermédio de fraturas que podem avançar ou recuar o mento. Muitas vezes, o cirurgião plástico pode recomendar a cirurgia do queixo juntamente com a cirurgia do nariz, de modo a atingir proporções faciais equilibradas − isto porque o tamanho do queixo pode aumentar ou diminuir o tamanho percebido do nariz. Esta cirurgia ajuda a proporcionar equilíbrio harmonioso de suas características faciais para que se sinta melhor com a sua aparência.

A otoplastia trata especificamente:

  • Orelhas muito grandes – uma condição rara chamada macrotia
  • Orelhas salientes que ocorrem em um ou ambos os lados em diferentes graus – não associados à perda auditiva
  • Insatisfação do adulto com a cirurgia prévia da orelha.

Quais crianças podem ser submetidas à otoplastia?

  • Crianças saudáveis, sem doença com risco de vida ou com infecções crônicas não tratadas de ouvido
  • Geralmente, crianças com cinco anos de idade, ou quando a cartilagem da orelha já é estável o suficiente para a correção ,
  • Crianças cooperativas e que sigam as recomendações médicas
  • Crianças capazes de expressar o que sentem e não manifestam objeções durante a discussão da cirurgia.